Um dos principais desafios do setor de construção é lidar com a baixa produtividade dos profissionais — sendo o retrabalho em obras um dos fatores que mais contribuem para o desempenho desse indicador. Assim, é importante buscar por medidas que minimizem sua ocorrência.

Segundo um estudo realizado pela McKinsey Global Institute, chamado “Reinventing construction: a route to higher productivity”, entre as práticas que contribuem para o aumento da produtividade no setor, está o uso de tecnologia digital e o investimento em técnicas avançadas de automação.

Entre as ferramentas usadas para alcançar esses objetivos, os softwares de gestão de obras destacam-se por viabilizar a automação de processos, minimizar os erros e trazer um ambiente mais digital e tecnológico para a atuação dos profissionais — inclusive das equipes em campo.

Neste artigo, apresentamos como essa ferramenta contribui para a redução do retrabalho em obras e a otimização da gestão, garantindo o aumento da produtividade em seu negócio. Acompanhe!

Agilidade no acompanhamento da obra

Uma das principais funcionalidades de um software de gestão de obras é a possibilidade de preencher o diário de obras de forma digital, utilizando o sistema num dispositivo móvel — como um smartphone, tablet ou notebook.

Dessa forma, os profissionais responsáveis pela atividade não precisam despender muito de seu tempo para preencher formulários físicos e, posteriormente, incluir os dados em ambientes digitais, como planilhas de computador. Essa possibilidade aumenta sua produtividade, bem como evita retrabalhos gerados por erros encontrados nos documentos.

Além disso, o software garante mais agilidade ao controle da operação, uma vez que as informações são atualizadas em tempo real e ficam disponíveis no sistema para que os profissionais possam fazer sua consulta sempre que necessário. Assim, a organização e atribuição de responsabilidades podem ser feitas de forma mais eficiente.

Nesse sentido, o acompanhamento próximo das atividades, bem como atualização das informações em tempo real, permite mais clareza na comunicação entre gestão e equipe de campo, evitando problemas que resultem no retrabalho em obras — como a realização de processos que não seguem as novas exigências feitas pelo cliente, por exemplo.

Facilidade para avaliar a produtividade

Entre as informações apresentadas no diário de obras estão as informações de todas as atividades e entregas feitas pelos profissionais. Dessa forma, é possível acompanhar a produtividade de cada um deles ao longo do tempo.

Entretanto, usando o modelo tradicional de acompanhamento, a compreensão e análise desse indicador não é eficiente, uma vez que o processo é manual e demanda tempo para ser feito. O uso de um software soluciona esse problema, visto que a ferramenta automatiza os cálculos e apresenta os resultados em apenas alguns cliques.

Assim, é possível identificar rapidamente quando os colaboradores estão com baixa performance e cometendo muitos erros que resultam no retrabalho em obras. Dessa forma, medidas podem ser tomadas para alterar o cenário — como a alteração do cronograma, direcionamento do profissional para a realização de treinamentos ou até mesmo seu desligamento.

Nesse sentido, a utilização do software de gestão de obras garante mais eficiência na execução de processos, bem como a redução dos custos, gerados por falhas e retrabalho, e a possibilidade de otimizar a produtividade dos profissionais, direcionando melhor sua atuação.

Controle e cumprimento de prazos

O aumento da produtividade e maior controle sobre a operação resultam em mais garantias para o cumprimento de prazos. Isso ocorre porque ao usar um software, a gestão consegue identificar problemas e pontos de baixa performance mais rapidamente, bem como definir soluções antes que eles impactem o cronograma.

Em situações que não podem ser solucionadas rapidamente — como identificação de problemas no solo ou atrasos em licenças e permissões locais —, o uso do software e acesso a informações permite que os profissionais ajustem a operação para minimizar perdas — dispensando equipes ou negociando um novo cronograma com fornecedores, por exemplo.

Padronização de processos

Outra funcionalidade de um software de gestão que minimiza o retrabalho em obras é a possibilidade de padronizar processos e atividades, estabelecendo um passo a passo para que os profissionais realizem suas funções de forma otimizada, seguindo as regras e normas do setor, bem como as do projeto.

Um sistema eficiente permite que os profissionais de gestão elaborem um workflow personalizado para cada etapa e processo da obra, atribuindo responsabilidades e incluindo informações que guiam o colaborador em sua execução, evitando dúvidas e erros que comprometam a entrega e resultem em retrabalho.

As descrições de ordem de serviço devem incluir quais materiais, ferramentas e equipamentos de proteção — individual (EPI) e coletiva (EPC) — são necessários para cada atividade, bem como métodos de execução, normas, regras e prazos a serem seguidos.

Para garantir a eficiência do processo, é importante que o sistema esteja disponível para os colaboradores da equipe de campo, e não somente pelo time de gestão. Assim, as informações podem ser consultadas sempre que necessário.

Otimização na tomada de decisão

O software de gestão de obras oferece uma série de funcionalidades para facilitar o controle da operação, bem como sua gestão e processo de tomada de decisão. Entre as possibilidades está a elaboração de relatórios e consultas a indicadores de performance, identificando problemas e a necessidade de alterar o planejamento estratégico.

A tomada de decisão baseada em dados reais do projeto, atualizados em tempo real, aumentam a eficiência do processo, garantindo que a gestão seja feita de forma otimizada. Isso melhora o controle de custos, bem como a comunicação com clientes e fornecedores do negócio.

Fica evidente que um software de gestão contribui para a otimização das atividades da construção, evitando o retrabalho e diversos outros problemas que reduzem a eficiência e a produtividade dos projetos. Assim, investir nessa ferramenta deve ser considerada uma estratégia de negócio.

Para isso, é importante buscar por um sistema especializado na gestão de obras. Dessa forma, as funcionalidades e características do software são direcionadas para as reais necessidades do setor, o que aumenta sua eficiência e, consequentemente, o retorno para a empresa.

Agora que você conhece os benefícios e importância de investir num software de gestão para minimizar o retrabalho em obras, acredita que é o momento de encontrar uma ferramenta para sua empresa? Então, entre em contato conosco e comece seu projeto