Gerenciar obras de maneira adequada é uma tarefa que envolve muitos desafios, já que existem diversos fatores que precisam ser considerados para que tudo saia como o esperado. Uma das atribuições mais desafiadoras para os líderes é a gestão de equipe de campo, já que o trabalho dela influencia diretamente no cumprimento de prazos e na qualidade das obras.

Ao fazer uma boa gestão de equipe de campo, o gerente assegura-se de que o projeto seja seguido à risca e não surjam contratempos. Assim, é possível evitar desperdícios, atrasos, retrabalhos, entre outros problemas que prejudicam o negócio.

Quer saber quais são os maiores desafios enfrentados pelos gestores e como evitar problemas no gerenciamento das equipes de campo? Veja a seguir!

Mão de obra qualificada

A capacitação da mão de obra é fundamental para manter a qualidade dos projetos e evitar retrabalhos. Portanto, além de ter atenção na hora da contratação, é preciso que o gestor conheça as limitações e habilidades de cada profissional para direcionar melhor as tarefas.

Além disso, é importante oferecer treinamentos para garantir que todos os colaboradores estejam alinhados com os processos da empresa. Para isso, pode ser adotado um fluxo de trabalho padronizado e exigir que todas as suas etapas sejam seguidas regularmente.

Desperdício e perdas

O desperdício de materiais em obras é um dos grandes problemas das empresas do setor, já que ele pode gerar grandes prejuízos financeiros. Esse desperdício pode acontecer de diversas formas, seja pelo manuseio incorreto dos materiais, seja pela falta de cuidados durante o transporte, má organização no canteiro de obras etc.

Portanto, é preciso que seja feita uma boa gestão do estoque de materiais e que os profissionais fiquem atentos às especificidades de cada projeto. Assim, somente a quantidade necessária de materiais é transportada para cada localização e as chances de perdas são menores.

Segurança do trabalho

A atenção deve ser total quando se trata de segurança do trabalho, principalmente no setor de construção civil, que oferece muitos riscos aos trabalhadores. Além dos problemas que traz para o próprio colaborador, a ocorrência de acidentes prejudica a empresa, já que aumenta a rotatividade da equipe e pode gerar atrasos.

Por esse motivo, é indispensável que a empresa fique atenta à legislação trabalhista e que o gestor garanta que todos os colaboradores — inclusive ele mesmo — utilizem os equipamentos de proteção individual (EPIs) adequados no canteiro de obras.

Além disso, é preciso garantir que os colaboradores saibam quais são os riscos que estão correndo e quais medidas podem ser adotadas para evitar acidentes de trabalho. Para isso, a empresa pode definir como obrigatória a elaboração de uma análise preliminar de riscos (APR) antes da realização do trabalho.

Prazos e atrasos

Para cumprir os prazos especificados no projeto, o gestor precisa estar sempre atento ao cronograma da obra e fazer as adaptações necessárias à medida que surgem contratempos e imprevistos. Porém, também é preciso agir de maneira proativa, de modo a impedir que ocorram problemas que resultem em atrasos.

Necessidade de retrabalhos, ociosidade e absenteísmo de colaboradores da equipe e falta de materiais para realizar as atividades são alguns problemas comuns que geram atrasos em obras. Eles podem comprometer a conclusão do projeto dentro do prazo combinado com o cliente e prejudicar a credibilidade da empresa, além dos prejuízos financeiros.

Portanto, um dos desafios da gestão de equipe de campo é manter sua produtividade sempre alta, o que exige a eliminação de gargalos existentes nos processos da empresa. Um planejamento de compras e estoque mais eficiente, por exemplo, evita que os colaboradores fiquem parados por muito tempo aguardando materiais.

Além disso, a produtividade do próprio encarregado da obra, muitas vezes, é prejudicada devido a processos ineficientes. Um exemplo disso é quando há necessidade de preencher documentos e levá-los pessoalmente até a sede da empresa, o que pode ser resolvido por meio da adoção de documentos eletrônicos e assinatura digital.

Falta de controle

Muitos gestores tentam fazer a gestão de equipe de campo com o auxílio de papéis que são levados para a obra a fim de registrar e consultar as informações necessárias para seu controle. Isso torna o processo muito mais trabalhoso e, às vezes, até mesmo inviável, já que não permite o controle em tempo real do desempenho da equipe.

Uma maneira eficaz de solucionar esse problema é contar com a ajuda da tecnologia, já que um software específico para atender às necessidades do setor oferece funcionalidades que permitem otimizar esse processo. Além disso, ele evita problemas com o gerenciamento de documentos e a utilização desnecessária de papéis na obra.

Dessa forma, o gestor pode cadastrar todas as equipes no sistema e associar atividades e ordens de serviço a cada um dos colaboradores. Assim, é possível acompanhar o desempenho da equipe e saber quais são as atividades que estão sendo executadas e quais ainda estão pendentes.

Problemas de comunicação

A comunicação interna da equipe e com o gestor precisa ser clara e eficiente, já que qualquer erro de interpretação pode resultar em erros e retrabalhos, que geram perdas financeiras e atrasos na obra. Portanto, é preciso que o gestor esteja sempre disponível para tirar dúvidas e garantir que a equipe realmente entenda as ordens que recebe.

A falta de informações precisas pode comprometer o entendimento dos colaboradores, mas o excesso delas também deve ser evitado, já que pode tirar o foco dos profissionais. Além disso, é preciso buscar formas de impedir que informações distorcidas sejam propagadas entre os colaboradores.

Para evitar esse tipo de problema, é importante que o gestor esteja sempre presente na obra para esclarecer qualquer situação e ofereça feedbacks constantes à equipe. Também é possível utilizar um sistema de gestão de obras que permita o acesso remoto por meio de dispositivos móveis. Assim, a equipe pode utilizá-lo para tirar dúvidas.

Como você pôde perceber, uma boa gestão de equipe de campo é fundamental para garantir o bom andamento das obras e, consequentemente, o sucesso da empresa. Por isso, é importante buscar formas de torná-la mais eficiente, principalmente por meio de soluções tecnológicas especializadas no segmento de construção civil.

Você deseja fazer melhor gestão de equipes e processos na sua empresa? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você!