Em um cenário de crescimento e aumento da competitividade do setor, empresas que atuam na construção civil devem buscar formas de garantir diferenciação e bons retornos sobre seus investimentos. Para isso, é indicado adotar práticas mais eficientes para supervisionar a obra.

O processo de acompanhamento de projetos é feito com o objetivo de garantir a execução correta das atividades, segundo o planejamento e cronograma estabelecido — minimizando desperdícios, gastos e possíveis atrasos. Ademais, ele verifica se as práticas e tarefas estão de acordo com as especificações técnicas exigidas, assegurando qualidade na entrega final. 

Os benefícios são evidentes, entretanto, a prática pode ser um desafio para muitas organizações, uma vez que envolve uma série de atividades de controle.

Neste post, você vai conferir as principais dicas para supervisionar a obra de forma eficiente, garantindo os melhores resultados para o seu projeto. Acompanhe!

Ter um planejamento detalhado do projeto

Um planejamento detalhado e de qualidade é fundamental para o bom desenvolvimento de qualquer projeto, especialmente na construção civil.

Por ser um processo que envolve muitos profissionais, fornecedores e atividades, é importante que a gestão tenha uma visão clara do trabalho para conseguir fazer seu monitoramento. Isso inclui:

  • detalhamento do planejamento financeiro da obra;
  • cronograma realista com atividades de curto, médio e longo prazo;
  • plano operacional com definição de tamanho de time, escala de funcionários e delegação de tarefas;
  • plano logístico de recebimento e armazenamento de materiais, maquinário e outros equipamentos;
  • indicadores de avaliação de performance (KPIs — Key Performance Indicators);
  • planos de contingência para crises e situações de urgência;
  • programa de monitoramento e acompanhamento do projeto.

As informações devem ser estabelecidas pela gestão da obra e organizadas para que possam ser acessadas durante seu desenvolvimento.

O ideal é que o time responsável pelo monitoramento tenha acesso ao conteúdo para realizar suas atividades conforme o planejado e apresentar os resultados quando solicitados.

Estabelecer um fluxo de comunicação eficiente

O fluxo de informação entre os profissionais envolvidos na execução das atividades na obra, gestão da operação e monitoramento deve ser otimizado e eficiente, caso contrário, problemas como dúvidas, inconsistências nos dados e interpretações equivocadas podem ocorrer — fatores que reduzem a produtividade e podem causar atrasos e aumentar o custo do projeto.

Desta forma, é importante investir em canais de comunicação de qualidade, que permitem uma troca simples, rápida e prática para todas as partes envolvidas. Entre as soluções disponíveis, softwares e aplicativos móveis corporativos são as mais completas, seguras e de custo minimizado.

Manter a organização da obra

A organização é outro elemento que deve ser considerado ao supervisionar a obra, uma vez que o indicador contribui para a prevenção de acidentes, controle de materiais, redução de desperdícios e aumento da produtividade do time em campo.

Um ambiente organizado evita que os profissionais percam ferramentas e materiais, não abandonem itens começados e que ainda podem ser usados na construção e deixem de perder tempo procurando coisas e realizem seu trabalho com mais facilidade.

Nesse sentido, investir na organização resulta em ganhos para o projeto, contribuindo para sua otimização. Portanto, é necessário preparar o ambiente, treinar os profissionais para que eles o mantenham de forma adequada e incluir a supervisão deste indicador no plano de monitoramento.

Contratar um time especializado

A supervisão da obra pode ser realizada por um time externo especializado ou por uma equipe interna da empresa, formada por profissionais multidisciplinares, capacitados para definir os indicadores e avaliar sua evolução de resultados ao longo da execução do projeto.

As atividades de monitoramento envolvem desde a avaliação de gastos e atendimento do cronograma, até questões legais e cumprimento de regras do setor, como normas e especificações técnicas, bem como as exigências do próprio cliente da organização. Ademais, é necessário saber como coletar e analisar os indicadores, formando relatórios de resultados para a gestão.

Formar uma equipe interna que domine esses conhecimentos e consiga realizar as tarefas com eficiência é um desafio. Por esse motivo, muitas organizações da área optam por contratar um time externo, especializado em monitoramento de obra. Essa opção é mais prática e garante um processo de acompanhamento otimizado.

Controlar indicadores de resultados

Conforme apresentado anteriormente, o uso de indicadores de resultados contribui para o processo de supervisionar a obra e garantir a qualidade da entrega e otimização do projeto.

Medidas de desempenho permitem que a equipe responsável identifique se o desenvolvimento das atividades está de acordo com o planejado, erros foram cometidos e como essas alterações impactam no cronograma.

Ademais, os indicadores permitem que os próprios profissionais de campo sejam avaliados, identificando, por exemplo, a necessidade de realizar novos treinamentos e processos de capacitação, que otimizam suas atividades e aumentam a produtividade. 

Adotar um diário de obra online

De acordo com a Resolução nº 1.024 de 21 de Agosto de 2009, do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), a adoção do Diário de Obra, ou Livro de Ordem, é obrigatório para todos os profissionais vinculados ao Sistema Confea/Crea.

Esse documento é preenchido durante toda a realização do projeto de construção, apresentando uma descrição detalhada de tudo que ocorre nos dias de obra como informações climáticas, profissionais em trabalho, atividades realizadas, recursos utilizados etc. Seu uso é importante para identificar possíveis causas de problemas e soluções.

Atualmente, existem soluções digitais e modernas para essa atividade, permitindo que ele seja feito com mais praticidade e ​segurança, evitando erros e problemas que causam inconsistência na informação. Alguns softwares permitem que todo o monitoramento e avaliação sejam feitos na plataforma, otimizando ainda mais o processo para a organização.

Fica evidente que o acompanhamento das atividades da obra é uma prática fundamental para aumentar o retorno do investimento realizado, bem como garantir qualidade, segurança e entrega do projeto dentro do prazo estabelecido.

Para isso, é necessário investir em planejamento, comunicação, organização, preparo da equipe e, principalmente, em tecnologias que otimizam a prática.

Agora que as melhores práticas para supervisionar a obra foram apresentadas, confira como o diário de obras digital facilita o desenvolvimento de projetos da construção civil e como adotar essa tecnologia para sua organização.