Os avanços constantes na infraestrutura urbana, sobretudo nos serviços de iluminação pública, comprovam que uma gestão eficiente somada à implantação de novas tecnologias podem transformar os municípios e, consequentemente, aumentar a qualidade de vida dos seus habitantes.

Isso porque, de acordo com o estudo da Fundação Getúlio Vargas em parceria com a Universidade Federal de Pelotas, um município pode reduzir 92 mortes por 100 mil habitantes com o acesso à iluminação pública adequada.

Além disso, a Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Iluminação (ABCIP), revela que projetos de PPP de Iluminação Pública deram um salto no desenvolvimento urbano brasileiro. Prova disso é que, em menos de dois anos, o setor teve um crescimento expressivo no que diz respeito à infraestrutura urbana. 

Ainda segundo a Associação, o número de contratos assinados no último ano subiu para 52, sendo nove deles em capitais. Em números isso totaliza mais de 400 projetos de modernização em andamento.

Com investimentos de aproximadamente R$18 bilhões, a projeção da associação é que nos próximos dois anos dobre o número de brasileiros (atualmente, 35 milhões) que vivem em cidades estruturadas por projetos de concessão de iluminação pública.

Além disso, quando falamos de iluminação pública inteligente, as PPPs são as grandes responsáveis por implementar e estimular a tecnologia no ambiente urbano. 

Para saber mais sobre esse processo integrado à tecnologia da Exati, acompanhe a leitura!

Projetos de iluminação pública inteligentes e eficientes

A Exati carrega tecnologia no próprio nome. Este é o principal mecanismo utilizado por nós para transformar o ambiente urbano e impulsionar o desenvolvimento de cidades inteligentes.

Com o software da Exati voltado ao gerenciamento de iluminação pública, é possível cadastrar e identificar pontos de luz com mais facilidade, otimizar processos, serviços e proporcionar maior eficiência energética

Além disso, com o trabalho de modernização em paralelo aos mecanismos de controle, monitoramento e manutenção, o sistema integra todos os dados da operação de forma automática – controlando e gerenciando o parque de iluminação com mais segurança e assertividade.

Um exemplo claro, é o baixo percentual de falhas no sistema de iluminação pública. Cidades gerenciadas pela Exati na região de Santa Catarina como Blumenau e Indaial, estão mantendo todos os índices abaixo de 2% de todos os pontos modernizados da cidade.

Em Palhoça, os avanços da modernização com a concessionária QLUZ e o software da Exati estão trazendo ganhos com os projetos de IP. Atualmente, o índice médio de falhas noturnas é de 0,40% em 2021. Além disso, rondas frequentes e a manutenção preventiva sustentam a qualidade dos serviços prestados.

Cidades em expansão no processo de modernização

Os investimentos em iluminação pública estão transformando cidades. Não é por acaso que municípios de todo o Brasil estejam avançando com a modernização no modelo de PPP. Número que quase triplicou no último ano, segundo a ABCIP.

Com mais de 18 projetos de PPP gerenciados e presença em 400 cidades, o software da Exati fomenta o setor de iluminação com os padrões definidos pela NBR 5101 e a Resolução da ANEEL nº 888/20

Confira abaixo, alguns cases que marcaram o ano de 2021.

Rio de Janeiro

De acordo com o programa Luz Maravilha, a cidade finaliza o ano ultrapassando um terço da meta inicial no processo de modernização de IP

Em 11 meses de gestão, a concessionária Smart Luz integrada ao software da Exati são as grandes responsáveis pela eficiência do projeto. Além disso, os locais com alto índice de violência, apagões, vulnerabilidade social e menor IDH (índice de desenvolvimento humano) são prioridades no processo de modernização.

Com uma média mensal de 30 mil novos pontos de luz, a projeção é que até o final de 2022 a Exati gerencie os 450 mil pontos de lâmpadas de LED na cidade. Em outras palavras, o número corresponde a 100% do parque municipal de iluminação pública modernizado.

Brasília

O programa Luz que Protege, da Companhia Energética de Brasília (CEB), responsável pela iluminação pública da cidade, já melhorou a qualidade de vida da população em diversas áreas do Distrito Federal com a iluminação pública inteligente.

Segundo o presidente da CEB Iluminação Pública e Serviços, Edison Garcia, o índice de violência na cidade acontecia justamente em locais mal iluminados. No último ano, o Distrito Federal registrou crimes com mortes violentas intencionais de 14,2 por 100 mil habitantes.

Entretanto, com o projeto de modernização, houve melhorias na qualidade da iluminação. Inclusive, o DF registrou entre 2020 e 2021 as maiores reduções de violência dos últimos 41 anos.  

Com a substituição das lâmpadas de vapor de sódio pelas de LED, a Exati gerencia mais de 290 mil pontos de luz. No entanto, a meta é que até 2022, a substituição das mais de 300 mil luminárias seja totalmente modernizada.

Belo Horizonte

Com um investimento de R$400 milhões, Belo Horizonte se tornou a primeira capital do país a ter um parque de iluminação pública modernizado.

De acordo com a concessionária Belo Horizonte Iluminação Pública (BHIP), a estimativa é que as lâmpadas de LED tragam uma economia anual de R$25 milhões nas contas públicas de energia elétrica da cidade.

Com quase 200 mil pontos de iluminação gerenciados pela Exati, a modernização trouxe ganhos na eficiência energética. Isso porque, o percentual esperado era de 45%, mas superou as expectativas e alcançou 55% em 2021

Além disso, outra mudança relacionada à iluminação de BH está voltada ao tempo de atendimento dos chamados de manutenção e criação de ordens de serviço digitais

Isso porque, antes os atendimentos levavam dez dias e passaram a ter prazo de 48 horas. Com a integração do call center da Exati, os processos são mais rápidos e assertivos.

Este conteúdo foi relevante para você?

A recente expansão de iluminação pública inteligente no país é um exemplo claro de planejamento urbano, tecnologia e sustentabilidade.

Com o software de gestão da Exati, municípios brasileiros passam a adotar soluções modernas e econômicas que contribuem para o desenvolvimento urbano. 

Por fim, se você ficou interessado em saber mais sobre o nosso sistema, acesse o nosso conteúdo ou fale com um de nossos especialistas!